sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Rendas e rendinhas


As férias terminaram e aconteceram tantas coisas desde a minha última
publicação que ainda estou a tentar organizar as ideias.
Comecei com um curso em meados de Junho que só frequentei
por uns dias, pois tive de fazer uma cirurgia,
nada de muito grave, mas após mês e meio ainda estou em recuperação.

Depois perdi o meu avô em consequência de um acidente
que ele teve em Abril, e ainda estou a aprender a caminhar
com esta nova situação da minha vida, o segredo é não pensar,
o difícil é conseguir fazê-lo, mas vai-se caminhando.

E ainda as próprias férias em si interrompidas por causa da situação
e tudo o que envolve uma perda.
Finalmente terminou tudo, pensei eu.

Mas não, a cada dia os seus problemas, não pensemos nos de amanhã,
palavras sábias que Jesus nos ensinou, e é bem verdade.

O amanhã trouxe obras no meu prédio.
Não é que eu já não estivesse à espera, mas preferia
que acontecessem em outra altura.
Barulho, pó e andaimes à volta, uma adrenalina.
 Estou para ver o que se segue.


Com tudo isto foi difícil recomeçar,
já o é sempre que regresso de férias.
Tenho sempre a sensação de que
regresso mais cansada do que vou.

Aqui fica um conjunto que estava à espera que
eu termina-se as flores, e finalmente terminei, com algum custo.
Espero que gostem.





quarta-feira, 7 de junho de 2017

Quadros da minha casa


Depressa se passou o tempo, e num ápice chegamos
a Junho, e eu quase nem dei por isso.
As férias estão já horizonte, quase já consigo vê-las.
Não tenho feito nada dos meus trabalhos, e confesso
 que estou algo sem motivação para começar, deixei
muitos projectos a meio e estou a ganhar coragem para recomeçar.



Deixo aqui alguns dos muitos quadros
 que fiz ao longo da minha existência.
Não tenho todos pendurados, embora gostasse,
 mas eles são mais do que o espaço que tenho.


Este quadro foi um desafio e tanto, tempos em 
que eu tinha uma vista boa, agora já não perco
a cabeça em desenhos tão grandes e com tanto pormenor.  


Este desenho é do catálogo da DMC, já fiz à uns 15 anos.
Mas continuo a gostar tanto como na altura em que o vi,
e foi bem fácil de fazer.


Comecei este projecto, estou a ganhar coragem para continuar.
Talvez precise mesmo é de férias.
 



quarta-feira, 3 de maio de 2017

Cesta forrada com folho em renda


Mais um trabalho terminado.
Esta renda estava à espera de ser terminada fazia tempo.
Como tenho sempre muitas coisas em mãos ao mesmo
tempo, e algumas vão ficando para trás.
 

Aqui em pormenor, faltava terminar só um
pouco da renda, e ainda bem porque o meu tempo
tem sido cada vez mais apertado e foi com alguma
rapidez que dei por concluído este projecto.


Forrar a cesta foi um desafio, como sempre.
Cada vez que começo a forrar uma cesta, devido
à minha grande dificuldade penso sempre que será
a última vez que eu me meto nestes projectos,
mas aparece sempre outra à minha espera.







terça-feira, 11 de abril de 2017

Golas em tecido


Tenho andado bastante ocupada, e não é só
com os meus trabalhos, antes fosse.
Mas tenho um familiar que sofreu um acidente,
e tenho estado a dar alguma assistência.
Por isso não tenho tido oportunidade para publicar.
Este ano parece que o tempo corre ainda mais depressa do que os outros anos,
e não há maneira de eu me conseguir organizar.


Este foi o meu último trabalho que estava à espera de
ser fotografado, espero que gostem.
São umas golas em fazenda, forradas por
dentro a tecido de algodão.
Terminei estas antes da confusão se ter instalado
na minha vida, e espero que os
meus dias entretanto fiquem mais calmos,
a ver vamos.






sexta-feira, 24 de março de 2017

Ponto de Cruz


Desta vez andei a vaguear por um livro de
ponto de cruz que foi-me oferecido à muitos anos atrás,
por uma  amiga que se mudou definitivamente para o campo,
e que embora eu já a tenha visitado,
a saudade toma sempre conta do tempo que vai passando.  


 
Talvez essa minha amiga não se tenha apercebido
do quanto eu fiquei feliz com este pequeno livro,
que para mim vez as minhas delicias.


 O livro é da colecção da DMC e retrata as histórias dos livros
da escritora Beatrix Potter, com esquemas em ponto de cruz
das lindas aguarelas que ela criou.
Faz algum tempo que descobri que também existe
loiça com os mesmos desenhos, e ainda não
coloquei de lado a hipótese de adquirir alguma.

 
Também fui presenteada com os pequenos livros originais
da autora, que me foram oferecidos pela minha prima.
Podem imaginar a minha felicidade.


Bordei um dos desenhos e fiz uma tampa para uma cesta,
foi muito difícil escolher qual seria o primeiro
que eu iria colocar em marcha.


Aqui o meu projecto, maravilhoso, já terminado.
 

Depois de terminar este bordado e folhear o livro uma e outra vez,
apetece-me fazer todos os desenhos, mas tenho
outros projectos em marcha à espera de terminar.
Vamos ver o que se segue.
Estou a pensar seriamente fazer uma viagem,
e conhecer a vida desta escritora,
mais um projecto mas desta vez de férias.


 



domingo, 5 de março de 2017

Vaca tilda em tecido


Mais um projecto que estava à espera
na gaveta, e no meu pensamento.
Foi talvez um dos meus bonecos feitos em tecido
e já fiz vários, que mais prazer me deu em fazer,
embora as pernas tenham sido um grande desafio,
quem já fez este projecto sabe do que falo.


Mais um modelo de um livro Tilda , que me
foi emprestado pela minha amiga Bela.


Aqui já terminada a minha vaca leiteira, toda orgulhosa.
E a sua dona ainda mais.



segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Luvas e meias


A chuva veio em força por esta semana na minha cidade, aproveitando
para lavar as ruas e regar os pequenos jardins que até já precisavam.
Talvez a quantidade tenha até sido demais,
mas quem pode mandar no tempo.



De regresso aos meus trabalhos e aproveitando ainda lãs
que tenho, fiz mais um par de luvas.
Um trabalho que requer alguma atenção, e
muita paciência, tudo o que tenho
em abundância dentro de mim.



O resultado é bastante satisfatório, queria eu ter
mais espaço na gaveta, para poder fazer mais pares
de várias cores.



Meias, outra paixão, quando descobri  como se faziam
nunca mais deixei de lado a oportunidade de fazer mais um par.



O frio continua e convida a trabalhar com lãs,
para mim a sensação é bastante reconfortante.
Com o passar do tempo quase nem preciso
de pensar muito no trabalho que se segue
pois projectos não me faltam.


Uma boa semana para todos.