sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Rendas e rendinhas


As férias terminaram e aconteceram tantas coisas desde a minha última
publicação que ainda estou a tentar organizar as ideias.
Comecei com um curso em meados de Junho que só frequentei
por uns dias, pois tive de fazer uma cirurgia,
nada de muito grave, mas após mês e meio ainda estou em recuperação.

Depois perdi o meu avô em consequência de um acidente
que ele teve em Abril, e ainda estou a aprender a caminhar
com esta nova situação da minha vida, o segredo é não pensar,
o difícil é conseguir fazê-lo, mas vai-se caminhando.

E ainda as próprias férias em si interrompidas por causa da situação
e tudo o que envolve uma perda.
Finalmente terminou tudo, pensei eu.

Mas não, a cada dia os seus problemas, não pensemos nos de amanhã,
palavras sábias que Jesus nos ensinou, e é bem verdade.

O amanhã trouxe obras no meu prédio.
Não é que eu já não estivesse à espera, mas preferia
que acontecessem em outra altura.
Barulho, pó e andaimes à volta, uma adrenalina.
 Estou para ver o que se segue.


Com tudo isto foi difícil recomeçar,
já o é sempre que regresso de férias.
Tenho sempre a sensação de que
regresso mais cansada do que vou.

Aqui fica um conjunto que estava à espera que
eu termina-se as flores, e finalmente terminei, com algum custo.
Espero que gostem.





Sem comentários:

Enviar um comentário